quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Cães, Gatos e Esoterismo


Por: Marcelo Montebras

Um assunto que fascina o pessoal que gosta de gatos é saber que ele um animal esotérico. Claro que os defensores deste animal carismático defendem esta ideia, a de que o gato é "o mais especial de todos os animais domésticos". Há ainda toda aquela mistica de que os gatos enxergam a alma da pessoa (e isso tem um certo sentido), de que são verdadeiros, de que é preciso ter no minimo 3 gatos em casa, também eles eram cultuados por povos antigos e etc.  Em contrapartida o pessoal que gosta de cães deve se sentir meio ressentido, pois eles também admitem ao cão bons valores. 

Bem, todos os animais são esotéricos e eles não enxergam nessa dimensão física, mas sim na dimensão astral (e até mesmo etérico-física)... Traduzindo isto podemos dizer que os animais pressentem as suas emoções, daí é normal um animal te atacar ou fugir de você quando você está com medo, já que o medo forma uma imagem "amedrontadora" no plano astral e é neste plano que animais enxergam. 

Vejamos por exemplo o Touro: A ciência já provou que os touros não enxergam a cores, mas sim em "preto e branco", quando o toureiro balança o pano na frente do animal em vez de ver o pano o touro enxerga a imagem astral do toureiro, a emoção que toureiro está sentindo naquele momento, que pode ser medo, raiva, aflição, insegurança entre outras. O publico, desconhecedor disto, acha que o animal está atras do toureiro pelo fato do mesmo esta balançando um pano em frente a ele, mas na verdade não é isso, o touro está vendo (e sentindo) a emoção do toureiro (e também do publico), se o toureiro (e por vezes o publico)  está aflito, o touro verá no plano astral uma imagem muito desagradável e isso o deixará completamente irritado, restando a ele atacar o toureiro. 

Uma vez você enxergando no plano das emoções (o plano astral) fica fácil você descobrir a real intensão de uma pessoa, daí você decide ataca-la ou fugir dela, em síntese é isso que animais fazem. 

O gato é um animal esotérico, mas o cachorro também é!

Daí não existe motivos pra você cultuar um gato, ou um cachorro, ou um pato, camelo, cavalo e etc. Na verdade você não deve cultuar nada e nem ninguém, mas somente o seu ser interno. 

Pode ser que o gato saiba lidar melhor com esta questão e talvez os outros animais nem tanto, daí esta explicado o fato do gato ser o mais esotérico dos animais e, numa analise maior, podemos dizer que o que faz o gato mais esotérico que o cachorro (e os outros animais) é a vontade do dono dele em querer vê-lo assim. 

Só pra constar, eu amo gatos, tenho um casal, da mesma forma, também amo os cães e tenho quatro. E afirmo os dois animais são encantadores! 

Não vou me estender sobre este assunto, vou deixar aqui duas explanações mais detalhadas e de quem fala com propriedade sobre o assunto, o senhor Antonio Carvalho Filho em seu "Conversinha ao Pé do Ouvido". O primeiro é uma visão esotérica dos gatos, já o segundo uma visão esotérica dos cães. 

 Conversinha ao Pé do Ouvido - Gatos   

Conversinha ao Pé do Ouvido - Cachorros 

Nenhum comentário:

Postar um comentário