sexta-feira, 3 de agosto de 2012

A Degeneração da Política



Por: Marcelo Montebras


"Quem não gosta de politica, patrocina a corrupção"


Quando o assunto é politica é muito comum ouvirmos a frase "odeio politica"... Creio que cada vez que essa frase é dita uma ou mais pessoas morrem por negligencia. Tudo porque essa palavra está totalmente denegrida, degenerada, difamada, corrompida no sentido mais amplo, então foi criada uma espécie de aversão a esta palavra. O comum, o normal, seria gostarmos de politica... Se soubéssemos o que ela é de fato. 


Uma coisa é certa, no Brasil não conhecemos o significado de politica atualmente, o que temos aqui é apenas um conceito deturpado a respeito, aqui o mais praticado é a politicagem. 
Afinal, qual conceito cabe melhor, no momento atual, que: "Farinha pouca, meu pirão primeiro"? O politico aqui visa primeiro o dinheiro, uma vez que os altos salários e os inúmeros benefícios chamam atenção dos ratos. Não é a toa que são os parlamentares mais caros do mundo.


Raros são os "políticos" que pensam no social, a maioria esmagadora esta mais interessados em satisfazer seus desejos egoístas.  "Vou me dar bem, se sobrar tempo e compaixão eu faço algo pela sociedade", é um pensamento muito mesquinho, diga-se de passagem, digno de quem não tem amor próprio, uma vez amor próprio esta relacionado ao altruísmo e não ao egoísmo. No fundo mesmo o que temos aqui, neste caso especifico, é falta de fé!
Falta de fé em si mesmo, uma vez que quem acredita em si não precisa roubar. Falta de fé na sociedade, falta de fé no gênero humano, falta de fé na vida e por final, falta de fé em Deus. 


Vejamos o conceito de politica, segundo o dicionário: 1.Ciência do governo dos povos 2. Arte de dirigir os negócios de uma nação ou estado 3.Aplicação dessa arte nos negócios internos ou externos de uma nação. 4. Civilidade.


Aristóteles definia politica como "a ciência que objetiva a felicidade humana", tanto pessoal como coletiva e sempre baseada na ética. Aliás, ética é algo desconhecido pelos nossos representantes do governo atualmente. 


Para Platão a politica deveria ser feita obrigatoriamente por pessoas dotadas de uma rigorosa formação filosófica e tendo como virtudes principais a sabedoria, coragem e temperança para termos então um governo satisfatório para todos. Platão era amante do conhecimento e conhecimento para ele tinha fins morais. 


Voltando aos tempos atuais, é preciso lembrar que politica é coisa boa. Politica é trabalhar em prol da sociedade. Hoje em dia a politica está em falta, o que vemos comumente é a "politicagem", que é o ato de usar a politica e as pessoas em interesse próprio, mesquinho e egoístico, essa mesma politicagem é que adora que você odeie a politica, pois ela será a maior beneficiada. Tudo isso sob a ótica do "politicamente correto", que é ato de ser hipócrita. Tá certo que estamos atravessando a Kali Yuga (a era das trevas, da ignorância, do demônio) e as forças involutivas estão mais fortes, porém você pode amenizar isso, no caso da politica. Procure se interessar mais por politica e menos por políticos e politicagem, você ajuda a fazer a diferença.



Uma politica diferente: 
Na Suécia politico não tem mordomia! 

O sistema politico na Suécia e suas diferenças com o nosso


Parlamento Sueco dá exemplo de transparência 




"Os males não cessarão para os humanos antes que a raça dos puros e autênticos filósofos chegue ao poder, ou antes, que os chefes das cidades, por uma divina graça, ponham-se a filosofar verdadeiramente." 

Platão, Carta Sétima, 326b

Nenhum comentário:

Postar um comentário