sábado, 7 de julho de 2012

Carisma e Persuasão



Por: Marcelo Montebras


Aqui temos um assunto interessante de duas palavras facilmente confundida: Carisma e Persuasão. 


Carisma:
Carisma tem duas definições. Uma definição de cunho religioso: "Dom concedido pelo Espirito Santo". Outra definição de cunho laico: "Conjunto de qualidades inerentes a um líder". 


Trabalhando as duas definições podemos dizer que a pessoa carismática é aquela que é natural, alegre e humilde, por isso é espontânea (aquela que vive de bem com a vida e sem razão aparente). É comum uma pessoa que possui carisma tomar a frente de uma situação, não por querer de fato isso, mas por ser empurrada pelos outros a isso, uma vez que ela naturalmente consegue seguidores e se torna líder. Extroversão, alegria, benevolência e compaixão são algumas qualidades atribuídas a quem possui carisma. Uma pessoa carismática ta mais preocupada com o bem comum do que com ambições pessoais.


Persuasão:
A definição é clara: Levar a crer ou aceitar; convencer, induzir . 
Segundo o Wikipedia: Persuasão é uma estratégia de comunicação que consiste em utilizar recursos lógico-racionais ou simbólicos para induzir alguém a aceitar uma idéia, uma atitude, ou realizar uma açãoÉ o emprego de argumentos, legítimos ou não, com o propósito de conseguir que outro(s) indivíduo(s) adote(m) certa(s) linha(s) de conduta, teoria(s) ou crença(s).


Conclusão: 
Muita gente confunde as duas coisas, porém o carisma é inato, a pessoa já nasce com ele. Já a persuasão não, a pessoa adquire através de estudos, técnicas e estrategias. Enquanto que o carisma é despretensioso, a persuasão é totalmente voltada a um proposito: Conseguir o que se quer. 


..................................................................


Aqui uma palestra ótima sobre Carisma, com a psicologa e escritora Cristina Cairo:








Cristina Cairo: Carisma (27/06/2012)

Clique e espere carregar

Nenhum comentário:

Postar um comentário