quarta-feira, 20 de junho de 2012

Por que os livros de auto ajuda não ajudam e são tão odiados?





Por: Marcelo Montebras


Os livros de Auto Ajuda não ajudam porque são lidos como se fossem remédios, normalmente a pessoa cria uma expectativa muito grande no livro como se ele fosse a solução e, claro, sempre acreditando que a "salvação" vem de fora, quando que na verdade ela vem de dentro (daí o nome "auto ajuda" - ajudar a si mesmo).


Veja que paradoxo, os livros de auto ajuda aqui no Brasil são os mais odiados, em contra partida são os mais vendidos. Que explicação cabe aqui? Será que estão comprando estes livros e fazendo fogueiras com eles?


O certo é que no Brasil é "proibido" gostar deste tipo de leitura, uma vez que seus leitores são geralmente tidos como fracos, perdedores, fracassados e tudo mais... E na verdade nem é isso. Quando a pessoa procura um livro de auto ajuda é porque já está em processo de recuperação da auto-estima e isso é questão de lógica. 


Dificilmente você vai ver uma pessoa afundada em sua baixa auto-estima se interessar por alguma ajuda, principalmente a auto ajuda (que é ajudar a si mesmo(a)). Nessa situação a pessoa não tem motivação alguma pra fazer nada, não encontra razão pra sair do poço onde esta, porém admitir o fracasso é a pior coisa que há numa situação dessas. Fica uma dica pra quem quer arrumar uma inimizade: Dê um livro de auto ajuda a uma pessoa que tem baixa autoestima (ela além de não admitir que precisa de ajuda ainda vai te odiar por isso).


Os livros de auto ajuda normalmente passam uma mensagem de otimismo e também a experiencia do autor em relação ao assunto publicado. Muitos leem essa literatura como sendo "a solução para os seus problemas", é ai que mora o perigo! 


Nenhum livro de auto ajuda (ou qualquer outro tema) deve ser lido como se fosse o remédio para as suas mazelas... Mas sim como um estimulo, um impulso, uma motivação a mais ao que se quer conseguir (na maioria dos casos sair uma situação indesejada).


Entenda uma coisa, ninguém passa pelo que não deve passar, logo se a condição necessária para o seu amadurecimento é ter que passar por um momento difícil, então tenha certeza absoluta que você vai passar por esse momento difícil e não haverá livro nenhum que vai te livrar desta situação... Porém, ele, o livro de auto ajuda, vai te ajudar a encarar o problema com coragem e motivação, o que pode fazer um diferencial positivo na sua vida. Veja que eu disse "ajudar a encarar o problema com coragem e motivação"... Repetindo: Ajudar a encarar o problema com coragem e motivação!... (Quer que fale de novo?... Ajudar...), ou seja ele é uma ajuda extra, ele não é a cura! entendeu?


Toda experiencia é valida, seja ela boa ou ruim, você sempre amadurece com ela e no final das contas você vai perceber que a unica coisa que vale a pena ser vivida é a experiencia. 


Se for encarar uma situação adversa, encare com coragem, esperança e fé (seja qual for o significado desta palavra pra você), a probabilidade de se livrar dessa situação difícil se multiplica quando você a encara de frente.  


Recapitulando, livro de auto ajuda não é remédio e nem solução,  mas sim motivação. Normalmente esses livros são recheados de positividade e otimismo e numa situação ruim qualquer ajuda é bem vinda.

Um comentário:

  1. Olá Marcelo, gostei muito do seu blog, mas esse seu artigo está muito confuso. Você começa dizendo que esses livros não ajudam e são odiados, mas depois diz que são positivos e motivadores. Então não dá pra saber a sua posição. Acho que esses livros são excelentes e ajudam muito sim. Além de demonstrarem para quem não sabe, que o poder reside em cada um de nós, ainda mostram técnicas, recursos e caminhos para podermos acessar e acionar essa força interna. Ninguém usa esses livros como remédios e sim como um impulso para crescer.
    Eles só são odiados pelos pretensos intelectuais, que não se conformam com o sucesso desses autores. Acham que literatura é apenas a exibição de uma dialética pernóstica e incompreensível para a maioria. Pra mim, toda a literatura que faz pensar e mostra novos rumos e enfoques diferentes é de grande ajuda. É a minha opinião. Parabéns pelo blog. Anny

    ResponderExcluir