sábado, 23 de junho de 2012

Cristianismo e Budismo Esotérico



Os cristãos sabem que Jesus pregava de uma forma pro povo e de outra forma pros seus apostolos, porém poucos sabem que há um Cristianismo Esoterico. Ele, Jesus (o Cristo), fazia desse jeito porque a maioria do povo não estava preparado para tais conhecimentos, logo seria perda de tempo ensinar de forma igual pra todo mundo. Isso rendeu duas vertentes de ensinamento, uma eXotérica (que é a comum, aberta a todos) e uma eSotérica (secreta, oculta, só para iniciados). Ocorrendo o mesmo com o Principe de Kapilavastu, Sidarta Gautama (o Buda). 





 Cristianismo Esotérico: É a vertente do Cristianismo composta pelas escolas de mistérios, constituindo o que se conhece como a parte mística do Cristianismo. Trata-se de um segmento minoritário, uma vez que não se dirige às massas nem faz proselitismo, e não é estruturado em igrejas, apesar de a maioria das escolas terem rituais específicos. A este ramo do Cristianismo pertencem o Gnosticismo e o Rosacrucianismo (apesar de muitas organizações com o nome "Rosacruz" não se vincularem ao Cristianismo). Os Essênios são considerados os precursores do Cristianismo Esotérico.

Budismo Esotérico: Também chamado Lamaísmo e Budismo Tibetano.
Esta denominação foi dada ao budismo tibetano pelos estudiosos europeus, principalmente, que se utilizaram deste termo para distingui-lo do budismo indiano e permitir que fosse dada ênfase ao seu caráter mágico. Segundo alguns outros autores, contudo, tal emprego da palavra é impróprio, pois tem a intenção de estabelecer distinções entre as duas correntes que, na verdade, não existem. O lamaísmo apresenta um duplo aspecto, assim como a maior parte das religiões orientais: o doutrinal e o popular.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Budismo_tibetano


Aqui uma explanação do Professor Antonio  Carvalho Filho sobre  Cristianismo e Budismo esotérico.






Osmar de Carvalho: Cristianismo Esotérico 




Osmar de Carvalho: Budismo Esotérico 





Nenhum comentário:

Postar um comentário